quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Como a ti mesmo

A busca por amor é uma busca de si mesmo, encontrar uma forma de ver no outro o reflexo da melhor versão de si mesmo.... Isso na maioria das vezes é uma decisão, o amor é uma escolha... Escolha de ser mais, de ser melhor de amar antes a si mesmo...Que amemos cada vez mais... O amor só é um risco quando aceitamos amar alguém além do nosso amor próprio... Até mesmo o amor instituído por Deus preza que seu limite seja o nosso amor próprio (ame como a ti mesmo), sendo assim não há o que temer...

sábado, 28 de janeiro de 2017

Dor



Você pensa que a conhece, que a sentiu, já provou.
Seu corpo padece, à mente serviu, sem medo entregou.

Quao perfeito é o amor, se é tão quente o ardor e se encaixa no seu.
Regozijo em se dar, em poder te tocar, sem pudor sejas meu.

Encontrar-te aflito, sem querer se entregar, mas porém, o conflito.
Sentenciado à vida, com sua alma perdida, o seu deus te provou.

Carregar em teu peito o furor da navalha, e doer só em si, o prazer do canalha.
Te roubar a alegria, o furor euforia, tudo mais quanto valha.

Eu aqui sem saber, ao pensar sem querer, em te ter junto a mim.
Em querer não querer, ser comum, racional.
Mas se nem fui assim, não serei eu enfim mais um "Ás" Social.
Serei só coração, seja só emoção, serei melhor só e fim. (David Prates 28/01/2013)

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Naquela Mesa

“Naquela mesa tá faltando ele
E a saudade dele tá doendo em mim
Naquela mesa tá faltando ele
E a saudade dele tá doendo em mim”

     
      Quando Sérgio Bittencourt compôs essa canção era profundamente inspirado por amor... Amor por um Pai do qual ele sentia a saudade, a dor da saudade. Ouvindo pela manhã pensei, “Puxa, quase não falo do meu Pai”, sinto saudade do meu Pai, mas graças a Deus é uma saudade que 40 minutos de trânsito resolvem. Um homem de coração tão grande, com um certo desprezo pelas regras do universo (risos) que não sabe falar de amor mas ama com os olhos, que no momento mais delicado de nossas vidas venceu sua dificuldade e só soube dizer, “Eu te amo meu filho”. As vezes eu nem acredito que ele disse mesmo isso. Coisas importantes marcam as nossas  vidas, a minha foi marcada nesse dia. Hoje a música me transportou àquele dia, me transportou à consciência da saudade e do amor,  da gratidão de poder perceber isso enquanto ainda é tempo...

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Metamorfose

É como vir do espinho à flor
É tão belo quanto o despir de uma  tarde
É falar de si sem saber quem é
E de sobressalto descobrir que é mais do que era

Um clarão de certezas invade
De repente de turva a água se renova
E na limpidez de um novo ser brota
Traz consigo vida nova, revigora

É como o voo da lagarta
Que diz a que veio
De tão forte foi se refazer
Para viver uma seara nova de possibilidades
Onde o limite é você quem determina

Assim é o homem que busca dentro de si e encontra
Respostas de si para si sobre sua vida
Sobre como pode ser vivida
Respeitando a plenitude de ser quem é.

De ser como é
De ser quem quiser
Como quiser
Ser assim
Ser você

Viver.
                                                                            David Prates (10/01/2017)

sábado, 15 de outubro de 2016

Dia do professor

De todos os ofícios que existem, nenhum é tão belo quanto o de "Inspirador" , de introjetar o desejo por conhecer... É também raro de ver hoje em dia, aquele que recebe com ânsia e amor todo o conhecimento dado por um professor. Não se valoriza mais a paixão por educar, não temos mais tantas famílias que ensinam dentro de casa o respeito e a admiração pelo mestre. Ainda bem que em contrapartida ainda temos os fortes sobreviventes que por pura vocação resistem e fazem de sua meta nossa formação, como acadêmicos e principalmente como seres humanos. Estarmos dentre os que lhes admiram faz de nós obrigados a não exitar em dizer o quão grato somos, pela força, resiliência, pela paciência e sobretudo por atender ao chamado de sua vocação. Muito obrigado. Parabéns pelo dia de hoje, que sirva apenas para lembrar o quanto são importantes em todos os dias de nossas vidas. Seus alunos...

terça-feira, 16 de agosto de 2016

Vá sofrer você sozinho

Tava sofrendo de amor
Não podia mais chorar

Sem você aqui comigo
Não fazia mais sentido
Eu me vi desmoronar

Não sabia onde ir
Eu vivi pra te seguir
E aqui dentro desse quarto
Te ouvi que estava farto
Não podia me amar

E quando eu decido então viver, você volta
Deixa fores na minha porta
Já não quero nem quero saber

Vai ficar na sua balada
Cê não tem mais namorada
Pra fazer sofrer

Aqui a vida é muito boa
Já chorei uma lagoa
Pra aprender me amar

Eu pensei nunca saberia
Sem você eu morreria
Não iria me encontrar

Não preciso mais do seu carinho
De seguir no seu caminho
Pra sentir amor

Vá sofrer você sozinho
Vá curtir seu inverno
Vá você pro inferno
Vou beber o meu vinho

sábado, 23 de abril de 2016

Indiferente

O pior cego é aquele que olha para dentro de si e precisa tatear no escuro o porquê de suas dores.

Quando se busca a ótica mais conveniente de tudo, acaba-se por nem perceber a oportunidade perdida de aprender com a realidade, a fim de não mais precisar manipular a verdade para se sentir bem consigo mesmo.

Melhor não olhar tão de perto, ou seus olhos podem sentir o cheiro podre da inveja que te faz cuidar com tanto afinco da vida alheia.

É de dor em dor que se prepara para o infarto, e de amor por amor que se acostuma a ser enganado.